Monitoramento por câmeras do município é ampliado

Texto: Eduardo Rodrigues / Foto: Alexandro Mateus

O Sistema de Videomonitoramento de Mongaguá recebeu investimentos e foi expandido, passando de 18 para 27 equipamentos. A ampliação abrangeu boa parte da Avenida Monteiro Lobato, principal via do lado morro, cujos aparelhos foram instalados em regiões próximas aos trevos de acesso aos bairros e às passarelas. Outro local contemplado foi a Plataforma de Pesca, um dos mais visitados pontos turísticos da cidade, que terá vigilância 24 horas tanto na área interna como na área externa.

Desde sua implantação, em dezembro de 2016, o sistema tem se mostrado eficiente e uma importante ferramenta de apoio às forças de segurança. Tem norteado também algumas ações estratégicas por parte da Guarda Civil Municipal (GCM), do Departamento de Serviços de Trânsito (Semutran) e também das polícias Militar, Civil e Rodoviária. Toda a vigilância é realizada do Centro de Controle Operacional, instalado na sede da GCM, e supervisionado por membros da própria corporação.

Etapas – A primeira fase de implantação abrangeu a divisa de Mongaguá com Praia Grande até o bairro Vera Cruz, beneficiando, por exemplo, a Avenida Governador Mário Covas Júnior (Avenida do Mar), Praça de Eventos Dudu Samba e centro empresarial. Ao longo de 12 meses, o sistema evitou inúmeros delitos, como roubos, furtos e vandalismo, e auxiliou na captura de indivíduos suspeitos. O videomonitoramento também favoreceu o cumprimento das leis de ordem e de trânsito.

Em 2017, foram mais de 4.300 ocorrências, confirmando a eficácia do sistema. “É um mecanismo necessário de política pública de segurança. É impossível negar a existência dos atos contraventores, mas devemos trabalhar para contê-los. E isso nós estamos fazendo: investindo em segurança, além de cobrar do Governo do Estado uma atuação mais enérgica. É nosso objetivo principal sempre garantir o sossego e o bem-estar da nossa população”, ressaltou o prefeito Prof. Artur Parada Prócida.

Câmeras – Os 27 aparelhos detêm rotação 360º e têm capacidade de alcance de até 300 metros. “Se estávamos orgulhosos por poder prover este avanço tecnológico para a cidade, com esta ampliação a satisfação é ainda maior. A Avenida Monteiro Lobato e a Plataforma de Pesca são pontos estratégicos de vigilância preventiva. Mas a nossa meta é também levar o sistema para locais cada vez mais próximo das comunidades”, comentou o vice-prefeito Márcio Melo Gomes, o Márcio Cabeça.

© 2013 Produzido por Trilogic

Voltar para o topo